domingo, 28 de maio de 2017

Joanna, o Anjo Porno-Punk



Se falarmos de uma certa Joanna Margalir Mostov, você certamente não vai saber quem é...Mas, JOANNA ANGEL???....ahhhhhhh.....




Nascida na fé judaica tradicional, Joanna Angel sempre admitiu que apesar de ter se tornado uma das empresárias mais bem sucedidas da indústria pornô, nunca deixou de ser aquele magricela de nariz comprido que se formou em arte e filologia para acabar servindo porções atrás do balcão de uma lanchonete de comida kosher. Joanna Angel nasceu no natal de 25 de dezembro de 1980, em Boston, Estados Unidos. Filha de uma Israelense e de um norte-americano.

Depois de terminar seus estudos (ela é formada em Artes e Literatura Americana), e depois de um rápido curso de cinema , Joanna decidiu seu futuro: ele se associou com Mitch Fontaine para criar a Burning Angel, produtora e site pornô que aspira fazer tudo o que o famoso Suicide Girls nunca se atreveu. A fórmula de sucesso foi: Lançar performers novas e alternativas, em cenas hardcore com um foco forte na estética punk! 



Enquanto dançava como stripper para pagar as dívidas de sua empresa, ela lutou para produzir, escrever, dirigir e editar todas as cenas de seu selo e foi também a responsável por coordenar a distribuição e fazer o trabalho promocional. E tudo isso sem deixar de lado o objetivo central de todo esse trabalho : Fazer filmes pornos para si mesma.







Voracidade sexual, criatividade e facilidade para o sexo anal a levou a se tornar uma das porta-estandartes do gênero chamado "Alt Porn" (pornografia independente e alternativa), e no gênero Joanna faz tudo, em toda parte e tudo bem feito. Ela admite que é um trabalho, mas feito com prazer...muito prazer...








Fã de Rock, Tatoos e filmes de Terror, Joanna Angel incorpora estas influências em seus trabalhos. Não por acaso, o primeiro trabalho da Burning Angel foi o curta metragem "Re-Penetrator" (2004) de Evil Carrot (Doug Sakmann: postagem elogiada pelo próprio diretor neste link!), uma paródia pornô (e gore!) de Re-Animator, com Joanna no papel da garota morta que é revivida por um soro pelo maluco e tarado Dr. Hubert Brest (Tommy Pistol)...



O curta (sem as cenas explícitas) foi depois incorporado ao longa independente em episódios "LovecraCked! The Movie: The Horror of H.P.Lovecraft" (2006)...




Joanna logo assumiu a direção de seus trabalhos e começou as séries "Joanna's Angels" (2005), porno-paródia de "As Panteras"; "Cum on My Tatoo" (2006); "P.O.V. Punx" (2008) : "Rock and Roll in My Butthole" (2008), garotas tatuadas, rock e putarias anais, entre outras...





Com o sucesso da Burning Angel, Joanna foi reconhecida como uma artista inteligente e empreendedora, e acabou aparecendo em matérias e entrevistas em revistas e jornais como o prestigiado The New York Times. Ela também teve uma coluna mensal sobre sexo na revista de música "Spin", e contribui com um capítulo do livro "Naked Ambition: Women Pornographers and How They Are Changing the Sex Industry", de Carly Mine.

Joanna foi casada com o ator e diretor pornô James Deen por seis anos (2005 a 2011), e em uma entrevista em 2015, acusou seu ex de ser "agressivo e assustador". As acusações foram fundamentadas quando a namorada seguinte de James, a também famosa atriz pornô Stoya, o acusou de estupro violento...



Sex & Horror continuaram aparecer na filmografia da atriz/produtora/diretora: "The XXXorcist" (2006) de Dough Sakmann, já é um clássico no gêneo pornô-paródia!; 




 "Porny Monster"(2007); "Dong of the Dead" (2009); "Fuckenstein" (2012);









 "Evil Head" (2012), outro clássico!; "The Walking Dead: A Hardcore Parody" (2013); "Vampire Cheerleaders"(2014); "Bikini Babes Are... Sharkbait" (2014); "Killer Kleavage from Outer Space" (2015)... 










Joanna ainda arranja tempo para compor letras de músicas para as trilhas sonoras de seus vídeos (rock, é claro), aparecer em versões ao vivo (teatro) de seus sucessos "Xxxorcist" & "Evil Head" ...



                        (bastidores de uma apresentação teatral de Joanna Algel & cia..)

...além de fazer pontas em filmes, video-clips e projetos "mais sérios", não relacionados com mundo XXX ( mas sempre produções independentes). Produzindo, escrevendo, dirigindo, atuando, recebendo prêmios,  fodendo e se divertindo, nosso Anjo-Porno-Radical continua a 1000!!!!















Para ver/saber mais sobre Joanna Angel, acesse suas páginas e seu blog...


http://www.joannaangel.com/en

http://xoxojoannaangel.com/

http://www.burningangel.com/

terça-feira, 23 de maio de 2017

A Inquietante Arte Erótica de Nadia Lee




Nadia Lee Cohen (nascida em 15 de novembro de 1990) é um fotógrafa de arte e cineasta britânica. Ela se inspira no cinema inglês e americano dos anos 50,60 e 70... 





Em 2011, Lee Cohen entrou na London College of Fashion e começou a estudar fotografia.  Ela cita "The Birds" de Hitchcock; "Blue Velvet" de David Lynch; "Gummo" de Harmony Korine; "Pink Flamingos" de John Waters e "The Shining" de Stanley Kubrick entre suas inspirações iniciais.



Obcecada pelo capitalismo, publicidade, moda e mitologia Hollywoodiana, Nadia Lee usa sua influência cinematográfica ( que inclui Marilyn Monroe,Terry Gilliam, Russ Meyer e Divine...) para criar suas fotos. 






Essencialmente o cinema é o grande recipiente de toda a cultura pop decadente, alienada e rarefeita... Esse é o tom de suas imagens, nas quais as  modelos seminuas (muitas vezes a própria artista!) posam com os olhos vazios e rosto morto, embrulhadas num cenário colorido e artificial que contrasta com suas expressões aturdidas e cheias de desejos...consumistas e vazios... 



























































Mais sobre a artista e sua arte bizarra em :http://www.nadialeecohen.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...