quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sabrina Siani: Uma Jovem Deusa Selvagem


 Nascida Sabrina Seggiani, (Roma, Itália, 1963), a bela garota loira, foi incentivada por sua mãe a ingressar na carreira de modelo ainda muito cedo. Com seus peitinhos de adolescente, rosto lindo e uma bunda "fenomenal", logo foi capa de diversas revistas e escalada para o cinema, aonde
estreou aos 16 anos no policial "Napoli...la Camorra Sfida, la Cittá Risponde" (1979) de Alfonso Brescia.



Bastante limitada artisticamente, a jovem logo acharia seu lugar no cinema de gênero ao ser descoberta pelo mestre Jesus Franco em "Mondo Cannibale" ( Les Cannibales/ White Cannibal Queen,1979), um dos muitos exemplares do ciclo italiano de filmes sobre canibais. 



Siani é Lena, uma menina que fica perdida nas selvas da Amazônia, depois que seus pais são atacados por selvagens. Anos depois ela é descoberta por uma expedição  vivendo com os nativos e sendo tratada como uma deusa. Segundo Jesus Franco, Siani foi a segunda pior atriz com que já trabalhou (ao lado de Romina Power), e observou que  o traseiro nu de Siani foi sem dúvida seu maior trunfo. Também em uma entrevista, Franco afirmou que apesar da mãe de Siani a acompanhar sempre, foi a mesma que o incentivou a coloca-la nua no filme...




 A loirinha ainda esteve a mercê dos antropófagos no absurdamente ruim "Terreur Cannibale" (1980) de Alain Deruelle, co-produção franco-espanhola rodada simultaneamente com o filme anterior por um diretor especialista em filmes pornôs bastante ruins.


 Novamente perdida em um lugar selvagem, Sabrina Siani desfilou toda a sua beleza em "Due Gocce d'Acqua Salata" (Blue Island, 1982) de John Wilder (Enzo Doria e Luigi Russo). Ela é Bonnie, que sobrevive a um acidente de avião juntamente com o jovem Billie (Fabio Meyer) e vão parar em uma ilha paradisíaca. Enquanto lutam para sobreviver, se apaixonam e precisam lutar contra o selvagem-tarado Shangai (Mario Pedone). Uma das imitações do sucesso americano "Lagoa Azul" (1980) com Brooke Shields.

 



 E Sabrina também estrelou uma imitação-das-imitações, chamada "Incontro nell'Ultimo Paradiso" (A Filha da Selva, 1982) de Umberto Lenzi, onde viveu a jovem Lana, perdida nas selvas depois de um acidente aéreo, e que  se torna uma rainha defensora dos animais...
Mistura de Sheena a Rainha das Selvas com Blue Lagoon e congêneres!


Siani esteve na primeira imitação italiana da série "Indiana Jones": "I Cacciatori del Cobra d'Oro" ( Os Caçadores da Serpente Dourada, 1982) de Antonio Margheriti, e na ficção científica/trash/pós apocalíptica "2020- Os Gladiadores do Futuro" (1983) de Joe D'Amato, com Al Cliver e Geretta Geretta...



 Então veio "Gunan il Guerriero" (1982) de Franco Prosperi, um dos muitos clones italianos de Conan, o Bárbaro, e Sabrina Sianni após viver a bela e sofrida Lenni, passou a ser uma das rainhas do gênero! E os diretores, conscientes que tinham muito o que lhe ensinar, trataram de lhe tirar a roupa sempre que possível. No problem!

 














 Em "Ator L'Invincibile" (Ator o Guerreiro, 1982) de Joe D'Amato, ela é Roon, interesse romântico do herói vivido por Miles O'Keeffe, que também é tentado pela bela feiticeira Indum, vivida pela deusa negra Laura Gemser...
Fantasticamente, nenhuma das duas tira a roupa!




Em "Sangraal, la Spada di Fuoco" ( A Espada de Fogo,1982) de Michelle Massimo Tarantini, Sabrina é a Deusa Dourada, que se opõe a tirania de Rani, a Deusa do Fogo (a brasileira Xiomara Rodriguez), combatida pelo vingativo herói Sangraal (Peter McCoy/Pietro Torrisi).




Sabrina Siani e Pietro Torrisi fariam dupla novamente em "Il Trono di Fuoco" (O Trono de Chamas, 1982) de Franco Prosperi. Agora a aventura fantástica era baseada na mitologia nortica, e contava as aventuras do herói Siegfried (Torrisi) que combatia o maligno Morak (Harrison Muller) e contava com a ajuda e o amor da princesa guerreira Valkiri (Siani). Apesar da falta de orçamento típico destas produções, a aventura diverte muito e é uma das melhores do gênero da gostosa Siani.





Sua última participação no gênero seria como vilã no confuso e trash "Conquest" (1983) de Lucio Fulci. Os heróis Mace (Jorge Rivero) e Ilias (Andrea Occhipinti) lutam contra todo o tipo de criaturas monstruosas e perigos criados pela feiticeira Ocron (Sabrina Siani apenas com um minúsculo biquíni e uma máscara dourada!). Ação, gore e bons efeitos de maquiagem em uma co-produção ítalo-mexicana.







Sabrina faria uma pequena participação no terror "Aenigma" (Enigma do Pesadelo, 1987) de Lucio Fulci, sobre o espírito de uma garota em coma que aterroriza um internato...








Suas últimas participações no cinema foram nos filmes policiais de ação "Cobra Nero" (Black Cobra, 1987) de Stelvio Massi, com Fred Williamson e Eva Grimaldi e "Missione Finale" (Missão Final, 1988) de Ferdinando Baldi, com Frank Zagarino.



Sabrina Siani fez ainda algumas participações na TV italiana antes de se retirar da vida artística...















                                                                                                                                by Coffin Souza

segunda-feira, 29 de julho de 2013

O Universo Aterrorizante de Robert Elrod






Robert Elrod é um ilustrador americano autodidata que trabalha com uma variedade de meios, incluindo lápis, tinta, aquarela, acrílico e digital para criar visões de pesadelos terríveis, bem como homenagens a filmes de terror e ícones da cultura pop.
“Eu vi "Night of the Living Dead" ainda muito jovem (junto com "Invasion of the Body Snatchers", "O Exorcista", "A Profecia", "Alien", filmes de monstros da Universal e muitos outros) e isso deixou uma impressão muito forte em mim. Eu tinha pesadelos com zumbis, muitas vezes, quando era criança. Eu ainda os tenho ocasionalmente. Esses pesadelos e a idéia de não saber quem era "o inimigo"me assustava. Meus pais assistiam a um monte de filmes de horror e ficção científica, então eu acabava assistindo vários deles. Nossa casa era cheia de estantes transbordando o que também me manteve bastante ocupado.”  
Seu estilo é único, muitas vezes com zumbis coloridos e personagens de ficção científica e filmes de terror. Suas obras aparecem em vários livros, HQs, revistas, capas de CD, mostras de arte, etc. 
































 







Por Gisele Ferran



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...