segunda-feira, 26 de junho de 2017

Pin-Ups Apimentadas de Joe Pimentel

José "Joe" Pimentel nasceu em 28 de Agosto de 1958 em Carpina, Pernambuco, Brasil...Um grande artista de renome internacional, conhecido por seu trabalho como arte-finalista e colorista em histórias em quadrinhos da Marvel, DC, Dark Horse, Innovation, etc; desde que foi "descoberto" pela empresa norte americana Glass House Graphics no começo dos anos 90.   




Sua parceria com o paraibano (de Campina Grande, para o mundo) Mike Deodato, é lendária e soberba!



                                            Mike Deodato e Joe Pimentel


David Campiti: " Pimentel = a great painter, and the best inker in Brazil!"

Como grande artista, Joe Pimentel é conhecido por sua humildade e timidez, o que não o impede de desenhar/pintar as mais lindas e sexys Pin-Ups ! Vamos a Arte Apimentada e arretada desde talento internacional:
































































segunda-feira, 19 de junho de 2017

Jane Merrow: De Shakespeare ao Terror!


Jane Merrow (nascida Jane Meirowsky, 26 de agosto de 1941, em Hertfordshire, Inglaterra) filha de uma inglesa e de um refugiado alemão. Talentosa e bonita atriz que atuou no cinema e TV no anos 1960 e 1970, na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos.




Com formação clássica pela Royal Academy of Dramatic Art, Jane estreou no cinema em uma pequena ponta na comédia romântica "Aqui Mora o Pecado" (1961) de Cyril Frankel; e também apareceu brevemente em seu primeiro filme de gênero "The Phantom of the Opera" (O Fantasma da Ópera, 1962) de Terence Fisher, com Herbert Lom & Michael Gough produção da lendária Hammer Films...Jane vive uma das amigas da trágica heroína interpretada por Heather Sears.   





 Em 1963, Merrow foi escolhida para o papel principal de uma adaptação da BBC de "Lorna Doone" (mini-série baseada no livro homônimo de R.D. Blackmore), sendo bastante elogiada por este trabalho. Na verdade, Jane utilizava seu treinamento clássico-Shakespeareano, aliado a sua sensibilidade, para dar honestidade e fragilidade para os vários papeis de heroínas clássicas que viveu tanto no cinema como na TV.




Ela co-estrelou com Oliver Reed, o polêmico (na época) drama sexual "The System" (1964) de Michael Winner...



Em "Catacombs" (Embuste Diabólico, 1965) de Gordon Hessler, Jane viveu a "bad girl" Alice, sobrinha da rica, estranha e adoentada Helen Garth (Georgina Cookson).







 O desonesto marido de Helen, Raymond (Gary Merrill, que na vida real foi o último marido de Bette Davis), fica bastante atraído por sua sobrinha, e eles começam um caso. 




Cansado das exigências de sua esposa, ele faz um plano para mata-la e herdar sua fortuna...Mas as coisas tomam outro rumo...
Um thriller com drama , mistério e terror. Uma produção "B", com ótima fotografia, elenco e ótimas cenas de suspense.   



 Ela teve papéis em séries da TV britânica, como "Danger Man", "The Saint", "The Baron", "The Prisoner", e "The Avengers", onde, tendo aparecido no penúltimo episódio da série de 1967, foi considerada como a substituição de Diana Rigg. O papel no entanto foi para Linda Thorson .

Na antologia televisiva de histórias de terror clássicas "Mystery and Imagination", ela foi a personagem título de "Carmilla" (1966) de Bill Bain; baseado na história de vampirismo e lesbianismo de Sheridan Le Fanu...




Jane trabalhou ao lado de Peter Cushing, Christopher Lee e Patrick Allen em "Night of the Big Heat"( O Demonio de Fogo, 1966) de Terence Fisher...







...a mais quente & suada invasão alienígena da história...




Jane vive a sexy e sedutora secretária do escritor interpretado por Patrick Allen...  


O ponto alto de sua carreira foi como Alais, a amante muito jovem do rei Henry II (interpretado por Peter O'Toole) no indicado ao Oscar "The Lion in Winter" ( O Leão no Inverno,1968; com Katharine Hepburn, Anthony Hopkins, Timothy Dalton...), pelo qual recebeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria de atriz coadjuvante, perdendo para Ruth Gordon, que ganhou com Rosemary's Baby ( O Bebê de Rosemary).




 Jane Merrow estrelou "A Mulher de Adão" com Beau Bridges em 1970. Ela também apareceu como a cega Laura no filme da Hammer "Hands of the Ripper" ( As Mãos do Estripador, 1971) de Peter Sasdy....








 Por volta dessa época, ela mudou-se para os USA aonde estrelou muitos dramas, mistérios e séries de aventura da TV americana.
Jane fez par com o lendário canastrão William "Cap.Kirk" Shatner na produção televisiva de "The Hound of the Barkervilles" (O Cão do Inferno, 1972) de Barry Crane...

...com Stewart Granger como Sherlock Holms; Bernard Fox como o Dr. Watson; Shatner como George Stapleton, e Jane como Beryl Stapleton; nesta adaptação pobre da obra de Arthur Conan Doyle.






Também na TV americana, ela participou do filme de terror & desastre "The Horror at 37,000 Feet" (Horror nas Alturas, 1973) de David Lowell Rich...



...novamente com William Shatner (aqui como um ex-padre bebum!); mas Jane vive a esposa do arquiteto interpretado por Roy Thinnes, que transporta relíquias em um avião, aonde um mal milenar desperta! 



 Na TV ela apareceria  ainda em:  Missão Impossível, Bearcats !, Mannix, UFO (de Gerry Anderson, na Inglaterra)...





... Emergency !, Police Woman, O Homem de Seis Milhões de Dólares, Cannon, Barnaby Jones, The Eddie Capra Mysteries, MacGyver: Profissão Perigo, Casal 20, Magnum, PI, O Incrível Hulk, Once an Eagle, The Greatest American Hero (Super Herói Americano), Águia de Fogo, entre outros. No teatro, ela estrelou um tributo a atriz Vivien Leigh, em uma performance solo bastante elogiada.



                              Merrow nos braços do Incrível "Lou Ferrigno" Hulk



Na década de 1990, Merrow voltou para a Grã-Bretanha para dirigir um negócio familiar. Em 2006, participou de um evento relacionado a série cult "O Prisioneiro", em Portmeirion, Norte do País de Gales,  e em 2008, ela foi convidada para a convenção anual da série organizada pela Prisoner Appreciation Society .


O verão de 2009 viu Merrow voltar ao palco, vivendo Emilia na peça de Shakespeare "The Comedy Of Errors" com a Idaho Shakespeare Company. Ao mesmo tempo, ela também passou a produzir, escrever e estrelar curtas de terror baseados em histórias clássicas para a web-série "Chilling Tales", como "Beware of What You Wish" (2010) de Patricia Doyle, baseado no conto "A Pata do Macaco" de W.W. Jacobs....




Jane Merrow continua na ativa, em convenções (dedicadas a Filmes de Terror, Hammer e a séries como O Prisioneiro e UFO...) através do mundo, e atuando e produzindo.




 Seu site http://www.janemerrow.net/showreel.htm trás detalhes sobre sua vida e carreira, e links para assistir os curtas que ela produz... 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...